Vida de Estagiário:
Carlos Augusto Reis

16/11/20


Olá, pessoal da FTT, tudo bom? Eu sou o Carlos, aluno do 8º semestre de Engenharia de Computação. Vim falar um pouco sobre o processo de estágio para vocês. Atualmente estou estagiando em uma montadora de veículos aqui do ABC, na área de produtividade do usuário final. Lá nós ajudamos os usuários a terem acesso a ferramentas e equipamentos que possam auxiliá-los no dia a dia, como ramais, aparelhos e linhas de celular, impressoras, leitores de códigos de barras e até ferramentas do Office 365. Antes de estagiar nessa área, eu trabalhei como eletricista de manutenção e desenvolvi a maior parte da minha formação com foco na área elétrica, no curso técnico e na área de tecnologia em automação. Foi quando fiquei curioso sobre a área da computação e consegui entrar na FTT.

Quando decidi que estava pronto para procurar estágio, busquei o auxílio do NAC e comecei minha jornada. Eles me ajudaram com dicas para montar o meu currículo, orientações para dinâmicas e entrevistas, dicas de estudo, mostrando-me como eu me encaixaria nesta nova área de trabalho. Foi com esse apoio que me inscrevi em alguns processos de estágio.

Após algumas entrevistas por telefone, recebi a notícia de que tinha passado para as etapas finais do processo seletivo da empresa em que estou hoje! Durante a entrevista, tivemos dinâmicas em grupo e também conversamos em inglês com os gestores que estavam lá. Algumas semanas se passaram e recebi o e-mail informando que fui escolhido para estagiar na empresa. Fiquei muito feliz!

Foi uma mudança drástica de área de atuação, e todos os dias me esforço para poder aprender ao máximo e para ajudar outros dentro da minha área, aprendendo como funcionam novas tecnologias, entendendo alguns procedimentos, interagindo com usuários para saber como posso ajudar e se as ferramentas de que tenho conhecimento podem ajudar também. É sempre um desafio. Com muito esforço e dedicação, estou estagiando e sou muito feliz nesta nova área de trabalho.

Algumas dicas importantes:

– Antes de entrar no campo do estágio, sempre converse com alguém de confiança sobre suas dúvidas, receios e orientações. Faça uma lista dos prós e contras. Isso ajuda muito a ordenar o raciocínio e a tomar a decisão sem ser por impulso;
– Durante a entrevista, seja você mesmo; conheça seus pontos fortes e a desenvolver e saiba que o estágio está lá para ajudá-lo no processo de aprendizado, para você se aperfeiçoar como profissional;
– Se acontecer de não passar em uma entrevista, não fique chateado, porque você pode aproveitar pontos positivos dessa experiência para se preparar para a próxima;
– No ambiente de trabalho, sempre pergunte e anote (mesmo que seja de cabeça), sobre algo que você não compreendeu. Eu particularmente sempre anoto as informações mais importantes, e quando vejo a oportunidade de perguntar, sem atrapalhar quem está me orientando, pergunto;
– Esteja com um sorriso no rosto. Eu percebo que tenho mais ideias quando estou de bom humor; assim você aproveita mais o que o seu trabalho e seus estudos podem oferecer;
– Trabalhe suas habilidades interpessoais, ou seja, as soft skills. Você pode aprender a realizar determinada tarefa, uma linguagem nova, um conceito diferente, mas se você não souber lidar com outras pessoas nem trabalhar em equipe, fica difícil contribuir para o seu time;
-Meu pai me disse uma vez que um problema é ótimo, porque todo problema tem solução; portanto, se não há solução, então não há o problema! Tente sempre olhar qualquer dificuldade por um ponto de vista mais amplo e depois ir focando aos poucos e detalhando as etapas.



Copyright © Faculdade Engenheiro Salvador Arena | Gerenciamento de Cookies